Porque você precisa ver Guardiões da Galáxia!

Sim meus colegas, vocês precisam ver Guardiões da Galáxia. Não só porque ele é um ótimo filme, mas também porque é totalmente diferente dos filmes que a Marvel fez até agora. As diferenças no entanto não terminam no contexto em si, o ambiente espacial e as personagens incomuns, mas por todo o desenvolvimento e qualidade técnica que ele contém… é como se a Marvel estivesse brincando de fazer filmes tão distintos, que você chega a esquecer que fazem parte de um mesmo universo. E não é assim nos quadrinhos afinal?

Como fã da equipe dos quadrinhos, eu acreditava que se eles conseguissem manter 10% da graça que os Guardiões tinham nos quadrinhos, já seria um bom filme! Para minha alegria, foi bem mais que isso… o que aliás vale ressaltar, Guardiões da Galáxia não são uma equipe muito conhecida, até mesmo para leitores de quadrinhos casuais. Sendo assim, ao ganharem espaço dentro de uma linha que possui Capitão América e Homem de Ferro, é um grande sucesso para os filmes de Super Heróis!

Vamos trabalhar um pouco a idéia antes de falar do filme, SEM SPOILER. Depois que o filme for lançado, falaremos sobre tudo que esconderam de nós até o lançamento, porque foram ótimas surpresas!

Tudo começou em 2000 com um grupinho muito popular chamado X-men. Era a primeira vez que recebíamos um filme de super equipe (gênero totalmente desacreditado até então), e talvez não tenhamos percebido na época mas aquele era um divisor de águas que nos levaria ao cinema de hoje. Ele não só abriu espaço para uma leva de filmes baseados em quadrinhos, como colaborou com a recuperação de uma editora que quase fechava as portas em falência. Logo na sequencia veio um tal de Homem Aranha, onde a tecnologia dos efeitos especiais finalmente poderiam proporcionar um super herói com mais ousadia no cinema, e deu certo! Hoje muitos podem acreditar que não foram ótimos filmes (afinal, a concorrência ganhou muito mais qualidade), mas foram marcos necessários para chegar onde estamos hoje. Assim, com o Homem de Ferro começa uma sequencia ousada da Marvel, que levaria ao que até então acreditávamos ser seu ponto mais alto, os Vingadores. Ledo engano…

Vamos falar do filme dos Guardiões da Galaxia! Para começar, esse é o primeiro filme 3D da Marvel. E não poderia ser diferente quando tratamos de cenários épicos, planetas novos e naves colossais! Aliás, que cenário! Tanto os planos internos, como externos, e principalmente os espaciais. O espaço desse filme é colorido, as naves são coloridas, as roupas, os aliens… esqueçam a moda do clima cinzento, estamos falando de Moebios , e não de Giger.

Aqui também temos a volta de uma Trilha Sonora que te chama a sua atenção (algo que veio e passou com o Homem de Ferro). As músicas funcionam como uma personagem a parte da história, fazendo parte do contexto e sutilmente nos levando a um aprofundando da história sem ser dramático demais.

Guardiões da Galáxia é um filme divertido. Tem comédia, drama, ação, todo o pacote pra merecer uma pipoca. Mas ele também atende ao público leigo, que não terá dificuldade de compreender o que talvez seria uma das partes mais complexas do Universo Marvel, o Cosmo. E mesmo os leitores mais ávidos, receberão algumas referências que possivelmente, somente eles compreenderão. O filme se fecha em si mesmo… não há nenhuma necessidade para perder seu tempo nas questões da Terra ou dos demais Vingadores, e no entanto, foi o filme que mais reuniu referência a todos os filmes anteriores! A casa do Colecionador é uma bandeja de referências, que os farão esquecer o plot somente para caçar conexões com outros filmes no cenário.

Aliás, carisma não vai faltar! Com personagens tão distintas e ricas, fica difícil selecionar um que tenha gostado mais de ver ali. Somente Drax perdeu um pouco ao se tornar mais burro que nos quadrinhos (pelo menos na fase dos Guardiões da Galáxia), mas mesmo assim ele manteve seu charme. E no final, mesmo sendo todos “péssimos exemplos”, eles terminam mais unidos que qualquer super equipe até então!

Agora, como nem tudo são flores, o ponto que talvez tenha me incomodado mais, foi o antagonista, Ronan! Acertaram tão bem nos heróis, que esqueceram do vilão… Ronan não tem profundidade nenhuma, é como um robô que só está lá para pregar seu fanatismo e grunhir. Uma grande pena para quem o conhece, já que sabemos que não é nada disso! Próximo disso também ficou a Tropa Nova… o filme passa e parece que só estão lá para apanhar, como peças para serem descartadas. Mas há um pequeno espaço de esperança que eles tenham uma atenção melhor no futuro do cinema… veremos.

No final de tudo, houveram algumas adaptações, algumas mudanças, mas a maioria das personagens mantêm o espírito dos quadrinhos, e a história dá voltas como a bagunçada e mal planejada equipe sempre fez no papel. Os defeitos são suprimidos pela qualidade, e saímos com aquela vontade de ver de novo! Agradará a todos? Bem…. o que agrada a todos? Mas com certeza, vale sua TOTAL atenção.

Um dia ouvi que seria difícil a Marvel manter o padrão de qualidade que teria estabelecido com seus maiores sucessos no cinema. Homem de Ferro 3 quase provou isso ao público que tanto a criticou! No entanto, o que temos aqui é a prova de que ela não está mais interessada em manter um padrão, mas determinada a superá-lo!

 

3 comentários para “Porque você precisa ver Guardiões da Galáxia!”

  • Ace disse:

    Você só esqueceu do nosso querido e amado Blade de 1998, que para minha pessoa foi o grande divisor de águas de filmes e quadrinhos.

    Mas estou na expectativa com o filme, espero que não estrague, e fico chateado com o que fizeram com o Rhonan desde já.

  • Pirata Dandi disse:

    Bem lembrado Rafael!
    Espero que goste do filme tanto quanto eu, e todos que viram comigo aliás.
    Em breve devo falar mais sobre os easter eggs do filme!

  • Ace disse:

    Aguardando para sexta agora.
    Depois falo o que achei 😀

Deixe um comentário

Pesquisar
Bat-Contatos
  • Facebook
  • Flickr
  • Twitter
Destaques
  • CCBr Entrevista! Arquivo
  • Destaque Cosplay
  • Super Oin
Liga da Justiça
  • Comix Book Shop
  • Limited Edition
Propaganda